INSPIRAR LONGA, LENTA E PROFUNDAMENTE ACALMA, RELAXA O SEU CORAÇÃO, ALIVIA O ESTRESS, CLARIFICA A SUA MENTE E DA-LHE UMA PERCEPÇÃO MAIS CLARA DO SEU INTERIOR.

Para compreender melhor a dinâmica da respiração profunda, o tipo mais comum de respiração usada na yoga, observe um bebe a dormir. Examine a barriga dele a elevar-se sem esforço quando inspira e a decair quando expira. Essa é a nossa forma natural e inata de respirar. Não se esqueça d e que já conheceu esta forma de respiração e que ela se encontra preservada em sua memória célula. Se se esqueceu de como isso é, eis aqui uma boa maneira de voltar a treinar.

Sente-se de costas com os joelhos fletidos, coloque uma das mãos sobre a barriga e a outra na parte superior do peito. Expire todo o ar que tiver acumulado. Faça um esforço consciente para expelir o restante do ar com a ajuda dos músculos abdominais, criando um vácuo para que possa inspirar o ar profundamente

Quando começar a inspirar, os seus músculos abdominais vão relaxar e dilatar-se para fora, a fim de permitirem que o diafragma decaia. Sustente a respiração por 1 a 2 segundos no final da inspiração. Quando expirar seus abdominais vão naturalmente contrair-se para comprimir o diafragma de encontro aos pulmões. Repare no ar a sair primeiro da parte superior do peito. Continue a respirar suave e completamente deixando que os abdominais se comprimam um pouco na direção da coluna vertebral. Sustente a respiração e depois comece a inspirar profundamente outra vez.

 

Share Button
Alameda dos Eucalíptos, 56, Caminho das Árvores Salvador - Bahia - CEP: 41820-760 - Tel.: (71) 3358-7853 e 3359-0151
© 2017 Todos os Direitos Reservados à Casa de Yoga